“Num país onde quase ninguém lê, escrever é quase um sacerdócio.
Ao contrário do que muitos pensam, ser poeta não é um privilégio, é um castigo.
Porque escrever dói, arranca pedaços e deixa marcas profundas no coração.
Muitas vezes ele desce até o inferno para que o leitor suba ao céu e leia sua dor como se fosse dor alheia. É a magia das palavras.
Escrever é sangrar um pouco todo dia na presença de testemunhas que assistem a tudo, mas não podem fazer nada.
E de tão trágicos, os poetas, mergulham em poças de letras feito quem se afoga no fundo do mar.
É quando o poema prende a respiração para que outra pessoa possa respirar.”
– Sérgio Vaz

SOBRE O AUTOR Ver todos os artigos

Medson Barreto

Medson Barreto nasceu em Belo Horizonte/MG no ano de 1993. É autor do livro “Eu Não Perdi a Minha Fé", em que utiliza um estilo característico de escrita, mesclando Biografia, Romance e Devocional Cristã. Ator e Humorista, apresenta "As Histórias do Vovô Eusébio". Poeta. Publica poesias, artigos, reflexões e vídeos no site "medsonbarreto.com" e canal no YouTube.