Categoria: Versos

Versos ou texto integral de poesias clássicas, bíblicas, contemporâneas ou autorais. Trechos do livro Eu Não Perdi a Minha Fé.

ESCREVER DÓI

“Num país onde quase ninguém lê, escrever é quase um sacerdócio. Ao contrário do que muitos pensam, ser poeta não é um privilégio, é um castigo. Porque escrever dói, arranca pedaços e deixa marcas profundas no coração. Muitas vezes ele desce até o inferno para que o leitor suba ao céu e leia sua dor como se fosse dor alheia. É a magia das palavras. Escrever é sangrar um pouco todo dia na presença...

TRATADO GERAL DAS GRANDEZAS DO ÍNFIMO

“A poesia está guardada nas palavras — é tudo que eu sei. Meu fado é o de não saber quase tudo. Sobre o nada eu tenho profundidades. Não tenho conexões com a realidade. Poderoso para mim não é aquele que descobre ouro. Para mim poderoso é aquele que descobre as insignificâncias (do mundo e as nossas). Por essa pequena sentença me elogiaram de imbecil. Fiquei emocionado. Sou fraco para elogios.” —...

PALAVRAS SOLTAS

“Essa poesia não tem grandes pretensões ou significados São só palavras soltas, Como em uma conversa de calçada Ou como um sorriso que você dá a uma criança de colo no mercado e ela retribui É como sentir cheiro de café sendo feito Ou quando você olha para uma árvore e na hora bate um vento e as folhas caem, como se quisessem se aparecer para você Ou quando você olha para a janela e os raios de...

VIVER É CAMINHAR

“No fim, tudo se resume a caminhar. Sua velocidade ou seu sapato não são as questões essenciais, Mas sim o seu destino e quem te faz companhia.” – Medson Barreto

CONGRESSO INTERNACIONAL DO MEDO

“Provisoriamente não cantaremos o amor, Que se refugiou mais abaixo dos subterrâneos. Cantaremos o medo, que esteriliza os abraços, Não cantaremos o ódio porque esse não existe, Existe apenas o medo, nosso pai e nosso companheiro, O medo grande dos sertões, dos mares, dos desertos, O medo dos soldados, o medo das mães, o medo das igrejas, Cantaremos o medo dos ditadores, o medo dos democratas...